E lá vem a ditadura da beleza…

Padrão
E lá vem a ditadura da beleza…

Olá genten, tudo bem com vocês?

Ainda hoje, mesmo com a liberdade que temos e a vontade de termos nosso próprio estilo sem ligar para o que os outros pensam, esbarramos, em certos momentos, com alguma ditadura da beleza. Seja relacionada à peso, altura, cabelo, tipos de rostos e por aí vai…

Eu, particularmente acho que isso já foi pior, houve uma época em que as pessoas se deixavam afetar mais, não estou dizendo que hoje em dia isso não exista, existe sim e muito, mas hoje nós vemos muitas pessoas adotando um próprio estilo, seja num corte de cabelo ousado, nas roupas diferentes ou até no jeito de ser e tudo isso sem dar a mínima pro que os outros estão achando. Tenho em mim que isso sempre existiu, mas não tanto quanto hoje.

Ah Maria, mas por que vim falar disso agora? Vamos lá, vou explicar…

Ontem, eu estava entediada (sim, em pleno ano novo e entediada) e resolvi procurar uns sites de jogos que eu visitava quando era mais nova, nostalgia pura…

Daí eu fui em vários sites: Stardoll, Ojogos até Habbo eu joguei e foi enquanto eu estava no Clickjogos que eu me surpreendi, entrei num jogo até então inofensivo, Extreme Makeover, eu amava esses tipos de jogos, de fazer cabelo, cuidar da pele, escolher as roupas, mas o que me deixou intrigada foi que durante o jogo a gente tem que “consertar” certos “defeitos” da boneca, que para mim não são defeitos, são características.

Sem título

Esse é o antes e depois

O jogo é basicamente assim: A boneca está daquele jeito da foto, aí tem várias etapas, dentista, cabeleireiro, manicure, cirurgia, spa e outras coisas, tudo isso para alcançar uma transformação de beleza completa (segundo eles).

Duas etapas me chamaram muita atenção, a cirurgia e a questão do peso.
Na cirurgia, a gente modifica o rosto todo da boneca, mexe no nariz, bochechas, boca, queixo e o rosto todo.

Eu sou nariguda, não tenho problemas com isso, não mais, mas há um tempo atrás já fui muito complexada e se eu me deparasse com um jogo desse, aí já era. Claramente o jogo te passa que boca fina, nariz grande e largo, queixo grande ou bochechas volumosas, são defeitos e tornam alguém feio e que para “alcançar a beleza” tem que se livrar disso.

E quando eu achava que não podia piorar, me aparece uma balança mostrando um peso, em seguida a gente tem que fazer a boneca malhar muito para depois aparacer a balança de novo com um valor bem menor. Qual é o problema, afinal, nós não temos um número suficiente de meninas (ou meninos) com problemas de autoestima né?!

A questão toda é: Eu já tenho a maturidade e consciência suficientes para saber que é apenas um jogo estúpido e que meu queixo e nariz grandes, meu cabelo enrolado, minha pálpebra caída e minha boca fina não fazem de mim uma pessoa errada, feia ou cheia de defeitos, mas fazem de mim Maria Eduarda e estou muito feliz comigo, do jeito que eu sou.

Mas uma criança de 10 anos sabe disso?

E vocês, o que acham disso?

Redes Sociais:

Instagram | Twitter | Tumblr | Facebook | Snapchat – dudalppm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s